O que é Rapport?

Rapport é um conceito originário do Francês, da palavra Rapporter que significa “trazer de volta” ou “criar uma relação”. Na prática tem sido muito utilizado na psicologia, no coaching, no marketing/vendas e principalmente na Resolução de Conflitos, como uma forma de estabelecer uma relação de confiança e empatia entre os profissionais e seus interlocutores ou partes. 

Na psicologia diz-se que o Rapport pode criar pelo menos 3 resultados benéficos para o relacionamento: 1) Coordenação, ou seja, os envolvidos conseguem interagir de forma coordenada e organizada; 2) Positividade, ou seja, os envolvidos se colocam em uma atitude positiva, derrubando barreiras e estando abertos para o outro e 3) Atenção mútua, ou seja, todos permanecem concentrados e presentes naquele momento, dispostos a se escutarem e se compreenderem.

O Rapport não pode ser visto como uma técnica unilateral, que pode ser aplicada com qualquer pessoa a qualquer momento por mera liberalidade. Ele deve ser visto como um fluxo de retroalimentação (como a própria origem da palavra propõe) em que todas as pessoas presentes estão envolvidas no Rapport, ainda que não saibam conscientemente. 

Contudo, o Rapport pode e deve ser usado em qualquer tipo de situação, começando sempre com propostas de conexão e empatia que vão aos poucos permitindo que as pessoas estejam abertas para se conectar com você. Algumas práticas que podem auxiliar nessa propostas são: O sorriso, falar o nome das pessoas, ser positivo, ter paciência e a busca por coisas em comuns com aqueles que você esteja procurando desenvolver o Rapport.

No Curso de Mediação, os alunos desenvolvem na prática diversas formas de se estabelecer o Rapport de forma simples, ágil e efetiva para que possam aplicar quando estiverem diante de pessoas desconhecidas em uma sessão de Mediação ou em qualquer outra situação. Para o profissional de Mediação, é vital que esta habilidade seja muito bem desenvolvida para o sucesso de sua atuação. Para isto este deve-se utilizar de forma sábia das principais Ferramentas para o Rapport na Mediação. Além disso, deve-se sempre manter uma postura receptiva, imparcial, prospectiva, positiva, sensível e se atentando sempre aos princípios da Mediação, que já foram desenvolvidos com o foco no melhor relacionamento do Mediador com as partes.

« Back to Glossary Index