O que é Mediação Trabalhista?

A Mediação Trabalhista é o procedimento da Mediação aplicado em conflitos que envolvam relações de trabalho, como por exemplo entre empregados com empregados, entre empregados e empregadores e entre sindicatos, em dissídios individuais ou coletivos. 

A Justiça do Trabalho é uma das que mais sofrem com a superlotação de processos judiciais que ficam pendentes por anos sem resolução, e quando há resolução ainda apresentam uma grande chance de insatisfação das partes. Um grande passo foi dado por meio da Reforma Trabalhista que permitiu que as partes envolvidas em um conflito trabalhista pudessem compor acordos extrajudiciais para a resolução de suas questões, bastando apenas a homologação judicial. Essa homologação seria uma forma de garantir que nenhum direito fosse ferido, e que não houvesse vício nos acordos.

A Mediação Trabalhista realiza um trabalho muito importante no Brasil e no mundo, atuando em uma área que representa um dos pilares mais fortes de toda a sociedade e da construção do indivíduo: o trabalho. Por esse motivo possui um poder impressionante de restauração social além do desenvolvimento econômico decorrente da redução de gastos emocionais, financeiros e de tempo na resolução de conflitos por parte de empregadores e empregados.

A Mediação Trabalhista pode ser encontrada nos CEJUSCs, através de uma solicitação pré-processual (antes de iniciar um processo judicial) ou em qualquer momento no curso de um processo. Fora do Judiciário, a Mediação Trabalhista pode ser encontrada em Câmaras especializadas ou por meio de mediadores autônomos/ad hoc capacitados e especialistas em causas de autocomposição trabalhistas.

Para atuar na Mediação Trabalhista, além dos requisitos mínimos necessários para a Mediação, aconselha-se que o profissional busque desenvolver competências   relacionadas às causas trabalhistas além de um curso de capacitação em Mediação Trabalhista oferecido em Instituições Privadas de Ensino de Mediação. Profissionais de quaisquer formações de nível superior podem atuar nessa área, entre psicólogos, administradores, terapeutas ocupacionais, operadores de direito, entre outras.

« Back to Glossary Index